28 de Março de 2011

Categoria:

chega

chega dessa merda também

e meu ex-marido resolveu admitir que me chifrou. agradeço. ainda tinha uns babacas que não acreditavam e queriam empurrar alguma culpa para a minha pessoa.

ó: vocês estavam errados : )

gostaria apenas de frisar que acho uma babaquice sem tamanho os companheiros de banda se meterem nesse assunto. mas nêgo adora se meter. eu gostava de vanguart, não consigo mais ouvir porque né, dá nojo. eu gostava bastante. e a banda não deixou de ser boa. mas não pode *mesmo* misturar o artista com a obra; sempre dá merda. essa entrevista é bem ridícula e essa bicha é bem sem-graça, mas vale pela cara-de-pau da pessoa-ex de achar que também pode fazer piada e sair impune. olha só, eu faço piada porque é com a minha cara e porque quem se fudeu fui eu, né? alô? pessoa tá errada e acha bonito reafirmar o comportamento cagado? é, caráter não se compra no supermercado mesmo. ainda bem.

e eu acreditando que ele tinha se arrependido.

pois é, eu também me arrependi.

de ter casado com ele.

essa semana a merda tem fim, eu tenho meu estado civil de volta e festejaremos.

vaza, vai ter bolo

vaza, vai ter bolo


Clara Averbuck é escritora

Instagram

  • Twitter
  • Facebook
  • RSS

Ilustrações: Eva Uviedo

hand made by: SENSO*