23 de Julho de 2013

Manifesto do Corpo Saudável

Não é segredo que tive uma vida desregrada. Comia porcaria, bebia mais porcaria ainda, tomava remédio pra emagrecer em busca de uma esqualidez que era pura maluquice (pois é, padrão de beleza também é uma forma de opressão), virava noites e noites... Ora, eu era jovem e isso não durou muito tempo, mas foi o suficiente para que meu corpo sentisse as consequências.

Agora me comporto. Não me comporto todos os dias, sou humana, né? Mas me comporto bastante, busco fazer exercícios, voltei à alimentação meio natureba que tive na casa dos meus pais - e que, confesso, gosto muito - enfim, estou buscando uma vida mais saudável. E sabe o que? Estou curtindo. Estou curtindo fazer exercícios, estou curtindo comer direitinho. É outra fase da vida, outro momento, onde curto os dias e a minha casa, curto a filha e as ruas de uma forma diferente.

Eu sei que muita gente tem medo da passagem do tempo, medo de envelhecer, mas ó: pra mim o tempo só fez bem. Aprendi a cuidar melhor da cabeça e do corpo e quero apresentar a vocês o Manifesto do Corpo Saudável CENTRUM.

~Você sabe o que seu corpo fala quando está nutrido de A a Zinco?~


Clara Averbuck é escritora

Instagram

  • Twitter
  • Facebook
  • RSS

Ilustrações: Eva Uviedo

hand made by: SENSO*