14 de Outubro de 2011

modesta proposta para evitar que a família e a sociedade caiam em declínio

‎uma idéia: já que todo mundo se ofende MUITO com TUDO nesses gloriosos dias de hoje, sugiro que, observando o modus operandi desse filme, TOQUEM UM SINAL quando alguém for fazer uma piada grosseira para que as senhoras sensíveis e os senhores bastiões da moral cubram seus ouvidos e se poupem de escutar as atrocidades do humor contemporâneo.

pela atenção, obrigada.


Clara Averbuck é escritora

Instagram

  • Twitter
  • Facebook
  • RSS

Ilustrações: Eva Uviedo

hand made by: SENSO*